ESTRUTURANDO E REESTRUTURANDO OU RESSIGNIFICANDO


12 Aug
12Aug


“Não há nada bom ou ruim, mas o pensamento o faz assim. ” William Shakespeare


Molduras ou estruturas determinam como você compreende o que acontece – elas são o contexto em torno dos eventos que lhe dão significado. Nada tem significado em si.

Pense nas molduras dos quadros de pintura. Elas incluem a pintura, realçando-a em relação ao ambiente. Molduras são como aqueles painéis cortados nas feiras, onde você põe a sua cabeça através de um buraco e seus amigos do outro lado vêem a sua face emoldurada por um corpo de papel engraçado.

Damos sentido a tudo que vemos, ouvimos e sentimos.

O sentido que damos depende da moldura que aplicamos. A informação não existe por si mesma; ela tem que ser entendida num contexto.

A moldura que você coloca dirige as perguntas que você faz sobre o que acontece, como se sente a respeito, como reage e como lida com isso.

Mude a moldura – a maneira que você interpreta o evento – e você pode mudar a experiência.


Perguntas são uma maneira poderosa de colocar molduras porque elas incluem suposições sobre o evento.

Por exemplo: os membros do Parlamento da Inglaterra, frequentemente, começam as perguntas com a frase “ é um fato que...”


Pense como essas duas perguntas, estruturam/emolduram diferentemente o mesmo evento:

“Em vista da irritação em relação a esse assunto, como você responde aos seus críticos? 

“ Muitas pessoas estão irritadas em relação a isso, como você pode ajuda-las? 


O enquadramento é usado extensivamente em vendas. Por exemplo:

“Você gostaria de comprometer a segurança comprando um modelo mais barato? ”

"Obviamente, você erá para a América..."

"Infelizmente, você irá para a América..."

"Aqui, você tem um problema..."

"Aqui, temos um problema..."




Comentários
* O e-mail não será publicado no site.